Cabeças de Livro trazem leitura, teatro e música no dia 21

No dia 21 de março, na Biblioteca Ramal Núcleo Geisel, acontece uma série de atividades do grupo Cabeças de Livro. São sete artistas com uma missão: incentivar o gosto pela leitura literária. Com livros nas mãos e palavras na ponta da língua, eles se preparam para apresentações em seis cidades da região: Duartina, Pederneiras, São Manuel, Garça, Jaú e Marília.

As apresentações serão realizadas ao longo do mês de março. Em cada cidade, os Cabeças de Livro levam três atividades gratuitas: oficina de ilustração em aquarela; a Intervenção Cabeças de Livro, com leitura e declamação de versos e narrativas curtas; e um flashmob (ação performática em grupo) onde qualquer pessoa pode participar.

Além de movimentar a arte e promover atividades culturais, o objetivo é incentivar o hábito da leitura. “Buscamos a expansão do ato da leitura, para que ele seja colocado como uma manifestação cultural e social também”, explica Val de Castro, atriz e coordenadora geral de produção do Projeto Cabeças de Livro.

Aliás, os livros fazem parte do visual dos Cabeças de Livro e são também o principal instrumento de trabalho do grupo. No entanto, para tirar as palavras do papel, ele usam diversas expressões artísticas, como teatro e música. Ou seja, o resultado é um espetáculo de interação com o público através de versos, histórias e canções que despertam as alegrias e surpresas que a literatura proporciona. As atividade são realizadas em ambientes abertos, como ruas, parques e praças e outros espaços públicos de grande movimento.

Cabeças de Livro - teatro-leitura-bauru

Pesquisa e inspirações Cabeças de Livro

Portanto, o elenco dos Cabeças de Livro é formado por artistas de diversas linguagens, como dança, teatro e artes visuais. Juntos, realizam um trabalho de pesquisa em literatura e artes cênicas, com reuniões semanais para ler, estudar obras e explorar as linguagens que serão levadas ao público.

Aliás, uma das técnicas utilizadas é o spokenword que, em português, pode ser traduzido como palavra falada. Essa arte tem origem nos tempos da Idade média, quando livros eram acessíveis a poucas pessoas. Como a maioria da população não sabia ler, uma alternativa para ouvir histórias era ouvi-las pela boca de alguém que as interpretasse de modo envolvente. No entanto, essa atividade atravessou séculos, sendo adaptada a diversos movimentos. A arte da palavra falada e interpretada tem objetivos diversos, como entreter, impressionar e informar o público.

O flashmob, outra expressão em inglês, quer dizer mobilização rápida. É quando um grupo de pessoas se une em local determinado e, juntos, realizam por alguns minutos, ou horas, uma atividade. Com isso, o objetivo é chamar a atenção de quem está ao redor e promover uma quebra no ritmo da rotina. Para participar do flashmob com os Cabeças de Livro, basta comparecer com um livro nas mãos ao local agendado em cada uma das cidades, no horário combinado e se entregar à leitura.

O projeto Cabeças de Livro é uma realização da Giralua Companhia das Artes e foi premiado pelo ProAC (Programa de  Ação Cultural do Estado de São Paulo). No elenco, estão Alessandro Brandão, Camila Caparroz, Fabiana Castro, Giovanna Viscelli, Mariza Basso, Talita Neves e Val de Castro. Juntos, eles pesquisam a leitura como performance, para circularem com uma obra artística de conteúdo atemporal e poético.

Cabeças de Livro - teatro-leitura-bauru

Agenda de apresentações e atividades

Duartina

Data: 9 de março
Local: Praça Embaixador Pedro de Toledo (praça central)
Oficina Pintura em Aquarela – das 9 às 11h
Flashmob – das 13h30 às 14h30
Intervenção Cabeças de Livro – das 15 às 17h

Pederneiras

Data: 13 de março
Flashmob – das 8h30 às 9h30, no Parque Ecológico Vale do Sol, na avenida Bernardino Flora Furlan, 731
Intervenção Cabeças de Livro –das 10 às 12h, na rua 9 de Julho
Oficina Pintura em Aquarela – das 14h30 às 16h30, na Biblioteca Municipal Paula Rached, na rua Santos Dumont, quadra 40, Centro

São Manuel

Data: 14 de março
Oficina Pintura em Aquarela – das 9 às 11h, na Diretoria de Cultura, na rua Epitácio Pessoa, 1100, Centro
Intervenção Cabeças de Livro – das 11 às 13h, na parte inferior do Jardim Público Municipal, em frente à Biblioteca
Flashmob – das 14 às 15h, no Jardim Público Municipal

Bauru

Data: 21 de março
Local: Biblioteca Ramal Núcleo Geisel, na rua Alziro Zarur, 5-08, Geisel
Oficina Pintura em Aquarela – das 9h às 11h
Intervenção Cabeças de Livro – das 13h30 às 15h30 (no entorno da Biblioteca)
Flashmob – das 15h30 às 16h30, na Praça Edhegal Aparicio (em frente à Biblioteca)

Garça

Data: 22 de março
Oficina Pintura em Aquarela – das 9h às 11h, na Biblioteca Municipal Doutor Rafael Paes de Barros, na avenida
Dr. Rafael Paes de Barros, 522
Intervenção Cabeças de Livro – das 13 às 14h, na Biblioteca Municipal Doutor Rafael Paes de Barros
Flashmob – das 15 às 16h, na Praça da Matriz, na rua Carlos Ferrari

Jaú

Data: 24 de março
Local: Parque do Rio Jaú, na avenida Dr. Quinzinho, 812, Jardim Antonina
Oficina Pintura em Aquarela – das 10 às 12h
Flashmob – das 14 às 15h
Intervenção Cabeças de Livro – das 15h às 17h

Marília

Data: 27 de março
Intervenção Cabeças de Livro – das 9 às 10h, na Biblioteca Municipal João Mesquita Valença, na rua São Luiz, 1295, Centro
Flashmob – das 10 às 11h, em frente a Biblioteca Municipal
Oficina Pintura em Aquarela – das 14 às 16h, no piso 1 da Biblioteca Municipal