Educa Vitta distribui material personalizado aos alunos

Vitta Residencial Construtora e Incorporadora, presente em Bauru há quatro anos, promoveu um evento para a entrega do material personalizado aos alunos que fazem parte das aulas do programa de Educação de Escolaridade de Alfabetização, chamado Educa Vitta. Clique aqui para ver como funciona o projeto. 

O material – mochila, uniforme, canetas, caderno e squeeze – foi personalizado com a marca Educa Vitta e distribuído aos alunos durante a ação. Segundo Oswaldo Kojima, analista de qualidade da Vitta Residencial, o projeto proporciona conhecimento e liberdade para os seus colaboradores. “A maioria deles não teve a oportunidade de estudar. Em pouco tempo de aula, já temos resultados positivos com estes alunos, que estão progredindo e começando a ler”, destaca.

José Carlos Sabará, tem 49 anos, nasceu em Londrina (PR) e trabalha na obra da Vitta em Bauru há sete meses. As aulas, segundo ele, têm ajudado a compreender muitas coisas. “Parei de estudar na 4ª série. Este projeto é um complemento para minha vida. Não quero parar nunca mais”, diz. Da mesma opinião é João Guerra, de 57 anos, natural de Cafelândia (SP). Há um ano e meio ele trabalha na Vitta. “Desde os 14 anos que eu não estudo. Tudo que aprendo aqui está sendo muito bom. Hoje consigo ler. Estou muito feliz”, mostra.

Educa Vitta - alfabetização - escola

Educa Vitta: projeto vai crescer

A professora do programa, Cristiane Moreira Piovesan, diz que a adesão dos alunos é impressionante e que, em três meses de curso, a evolução de cada um é grande. “Eles não perdem uma aula. Hoje, percebemos que eles têm mais confiança em muitas situações da vida, conseguem ler e entender. E isso é gratificante demais, pois recebemos relatos pessoais que realmente eles estão mudando de vida, dando um passo à frente”.

Para Kojima, o objetivo é implantar o programa de educação em todas as cidades onde a Vitta possui unidades. “Queremos perpetuar o projeto. Em Araraquara já estamos com uma sala montada – as aulas devem começar no próximo semestre, assim como em Sertãozinho”, acrescenta.

O programa de educação, feito em parceria entre a construtora, o SESI e o Sinduscon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo), começou em no dia 29 de janeiro e funciona dentro do canteiro de obras do empreendimento Reserva Terra Branca, empreendimento da Vitta Residencial Construtora e Incorporadora. As aulas, gratuitas, acontecem sempre às terças e quintas-feiras, das 17h às 18h30.