Estudantes alemães visitam Bauru

Um grupo de 38 estudantes alemães da Escola Técnica Agrícola de Triesdorf, região sul da Alemanha, visitou Bauru na quarta-feira (4/4). Eles vieram acompanhados de um professor, um reitor e um intérprete da Consultora Susi Tetz. Foram recebidos por técnicos da Sagra (Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento). Foram apresentadas às tecnologias empregadas na exploração das culturas tropicais da região.

A visita à Bauru fez parte de um roteiro que o grupo vem fazendo desde o mês passado. Eles visitaram propriedades rurais em Maringá-PR e do sul do país. Em Bauru, os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer as culturas do avocado, na Fazenda Jaguacy; do abacaxi, cultivado pelo produtor rural Paulo Rangel, situado em Tibiriçá; e cultivo de banana, conduzido no assentamento Horto Aimorés Gleba 1, no lote do produtor rural Paulo Linhari.

Estudantes alemães - visita - agricultura

Estudantes alemães: missão técnica

Os estudantes também puderam conhecer os sistemas de produção de mudas de avocado, tratos culturais, manejo da colheita e sistemas de irrigação. Além de seleção e classificação dos frutos de avocado tipo exportação, controle de pragas e doenças na cultura do abacaxi.

O grupo também assimilou as épocas de colheita, adubação de plantio, condução da lavoura de banana e questões ligadas a reforma agrária e os programas de compras governamentais. Tudo monitorado por especialistas.

Estudantes alemães  - visita - agricultura

O grupo veio ao Brasil em missão técnica. O objetivo foi conhecer as culturas tropicais e novas tecnologias. Temas que fazem parte de módulos da grade curricular para a formação dos estudantes. Eles estão em fase final de conclusão de curso e estarão aptos a trabalhar na área de agropecuária.

“Esta visita é muito importante. Tendo em vista que os estudantes, além de terem uma experiência nova com as culturas tropicais, levarão para seu país de origem um pouco da nossa agricultura”, avaliou Jorge Abranches, engenheiro agrônomo da Sagra.