Fazenda Jaguacy, em Tibiriçá, é referência na produção e exportação de avocados

O site Inaugurando em Bauru visitou recentemente a Fazenda Jaguacy, localizada no km 355 da rodovia Marechal Rondon, pertinho do distrito de Tibiriçá. São 400 alqueires dedicados à plantação de avocado, um tipo de abacate que surgiu há setenta anos na Califórnia, Estados Unidos, e ganhou o mundo. Chegou na região há 40 anos pelas mãos do engenheiro agrônomo Paulo Roberto Leite de Carvalho.

Fazenda Jaguacy - avocados- produção
Parte da família Carvalho, proprietária da Fazenda Jaguacy: os pais Cristina e Paulo com a filha Lígia.

Além de abastecer o mercado interno, a produção de 3 mil toneladas/ano também é enviada ao exterior. Espanha, Holanda, Inglaterra, Dinamarca, Croácia e Nova Zelândia recebem quase 90% do que é produzido.  A Jaguacy detém 85% do mercado da fruta do país. Aliás, o consumo interno é tímido: 0,941g por pessoa, segundo pesquisa de 2016.

Fazenda Jaguacy - avocados- produção
Viveiro de mudas de avocado: há 40 anos, esse sonho começou com o patriarca, que conseguiu reunir toda a família no negócio.

Dia no campo da Fazenda Jaguacy

O Dia no Campo Jaguacy começou logo cedo, quando chegou o ônibus com jornalistas, nutricionistas e blogueiros que vieram de São Paulo. Fomos recepcionados pelas irmãs Lígia e Julia Falanghe Carvalho, proprietárias da Fazenda Jaguacy, ao lado de mais dois irmãos – Tiago e Vitor – e dos pais – Paulo e Cristina. Logo após um delicioso café orgânico, cultivado na horta da fazenda, caminhamos até o viveiro, onde tudo começa.

Fazenda Jaguacy - avocados- produção
Fábrica de óleo de avocado: saboroso e muito bem aceito no mercado interno e externo.

Nossa visita aconteceu na safra do avocado, que vai de março a agosto, quando cerca de 600 trabalhadores tocam as diversas áreas da Fazenda Jaguacy. Cerca de 70 mil mudas são cultivadas por ano, mas há uma perda de até 40% delas por inúmeras razões. Além da produção própria, a fazenda conta com quase 30 parceiros do Estado de São Paulo e do Paraná. Eles recebem assistência técnica da equipe de agrônomos da Jaguacy. Uma muda demora de 8 a 10 meses para chegar no campo.

Fazenda Jaguacy - avocados- produção
Lanche servido aos visitantes embaixo de uma árvore com sombra generosa.

Tecnologia de um lado, manual do outro

A tecnologia também faz parte do processo. Os proprietários utilizam drones para monitorar e controlar as pragas. O processo da colheita – são milhares de pés de avocado – conta com a participação de reeducandos em regime de semiaberto – trabalham de dia e voltam para a prisão à noite. Desde 2008 a Fazenda Jaguacy contrata esse tipo de mão de obra e até hoje não registrou nenhum tipo de incidente. 100% da colheita é manual.

Fazenda Jaguacy - avocados- produção
Colheita de avocados: jornalistas, nutricionistas e blogueiros acompanharam tudo de perto.

Pouco antes do almoço, os visitantes foram recebidos na sede da fazenda para um lanche rápido. Muita água, suco e petiscos com avocado servidos embaixo de uma árvore imensa, com uma sombra generosa. Em seguida, sentamos na área de lazer da sede para uma refeição suculenta: salada de folhas, macarronada, bife rolê e muitos doces de compota. De estômago cheio, partimos para mais uma etapa, a fábrica de óleo de avocado.

Fazenda Jaguacy - avocados- produção
Variedade de óleos de avocados produzidos na Jaguacy: em 2019, a meta é produzir 300 toneladas para exportação.

Azeite de avocado: mercado em expansão

Em 2017, foram produzidas 200 toneladas de azeite de avocado, que também é exportado para o Marrocos, Uruguai e Hong Kong. Como esse produto teve boa aceitação, a Fazenda Jaguacy resolveu ampliar a área dedicada a esse processo. Até por isso, em 2018 haverá uma reestruturação para retomada em 2019. “Queremos aumentar para 300 toneladas no primeiro ano e em quatro anos chegar a 600 toneladas por ano”, garantiu Júlia Carvalho.

Fazenda Jaguacy - avocado- produção
O avocado deve ser consumido quando estiver com a casca escura e macia.

Outra área que passa por ampliação é a de fabricação de polpa de avocado, que também tem um grande mercado consumidor, inclusive com restaurantes. A última etapa da visita foi conhecer o processo de pesagem, seleção e embalagem das frutas. O avocado pesa, em média, de 120g a 150g. No mercado externo, cada unidade custa até 5 euros. O produto é vendido por R$ 4,00 o quilo.

Fazenda Jaguacy - avocados- produção
Avocado no pé: fruta pode ser usada no preparo de receitas doces e salgadas.

O abacate consumido no Brasil tem casca verde, fina e mole, com formato alongado. O avocado tem a casca dura e é bem menor. Seu teor de óleo varia de 20% a 30%; nos outros tipos da fruta o teor de óleo é de, no máximo, 5%. O avocado é rico em gordura monoinsaturada e possui muito menos água, o que torna sua polpa mais consistente.