Little Kickers Bauru une aulas de inglês e futebol

A rede Little Kickers, que une aulas de inglês e futebol, chegou em fevereiro a Bauru em dois endereços: na Escola Maple Bear, na rua Severino Lins, 7-10; e também na rua Manuel Bento da Cruz, 17-20. Funciona assim: com a ajuda de dois professores, um que fala apenas em inglês e o outro focado na área de educação física, as crianças se divertem enquanto se exercitam e aprendem outro idioma.

Essa proposta surgiu em 2002, quando a rede Little Kickers foi fundada na Inglaterra. Mas logo se espalhou por outros países que viram o potencial da franquia e sua metodologia. No Brasil, a empresa chegou em 2014, por meio dos sócios Everson e Michele Pergher, casal que viveu alguns anos na Austrália e tiveram o seu primeiro contato com a franquia por lá.

Ao perceberem o diferencial da marca e como ela crescia rapidamente, acreditaram que seria a hora de trazer a ideia aos brasileiros. E, assim, incentivar crianças que estão em uma fase importante de aprendizado em todos os sentidos. Dessa forma, puderam perceber a oportunidade de agregar o programa de línguas.

Little Kickers - Bauru - futebol - aula - ingles

Metodologia Little Kickers

São mais de 350 palavras trabalhadas no programa, com foco principal no lado lúdico do ensino. Segue a metodologia própria play not push (Brincar sem pressão), que foi desenvolvida por especialistas da Universidade de Cambridge e da Federação Inglesa de Futebol. Além disso, através de jogos e brincadeiras, os pequenos aprendem tanto o esporte quanto o idioma. Para que o sistema dê certo com as crianças, são quatro faixas etárias diferentes atendidas nesse aprendizado.

Little Kicks (1 ano e meio a 2 anos e meio de idade)

As crianças recebem uma introdução das noções básicas do futebol em um formato estruturado como se fosse o Aprendendo a Aprender. Atividades simples, mas com foco na resolução de problemas. Isso favorece a perfeita estrutura informal para encorajar a evolução das habilidades de atenção e compreensão auditiva.

Júnior Kickers (2.5 anos até 3 anos e meio) 

Baseia-se nas habilidades fundamentais e conceitos básicos de futebol que as crianças aprenderam nas aulas Little Kicks. Permite que elas participem por conta própria sem auxílio dos pais. Caso o pequeno acaba de se juntar ao projeto, pode ser necessário a participação dos pais por algumas semanas. Mas o objetivo final é que as crianças possam participar por conta própria. O formato permanece com a aprendizagem através dos jogos lúdicos.

Mighty Kickers (3 anos e meio a 5 anos de idade)

Nessa idade, as crianças são confiantes e possuem energia ilimitada, o que é atendido com jogos de ritmo rápido, focados no futebol, mas ainda com muita diversão! As crianças começam a compreender a importância do jogo em equipe e partidas de futebol são introduzidas gradualmente.

Mega Kickers (5 a 7 anos de idade)

É a conclusão das faixas etárias anteriores. Reúne todas as habilidades aprendidas e apresentadas em jogos de  futebol. As crianças continuam a desenvolver as habilidades sociais e cognitivas. Elas vão aprimorando suas habilidades de futebol, colocando-as em uso no final de cada aula durante a partida. Há um foco no jogo não competitivo, bem como um foco em conhecimento, compreensão e aplicação prática das regras do jogo.

Little Kickers - Bauru - futebol - aula - ingles

Little Kickers: 4 mil alunos matriculados

Atualmente, a Little Kickers conta com mais de 4 mil crianças matriculadas em suas sedes, condomínios, clubes e escolas com 31 áreas de franquia no Brasil. A projeção para o final de 2019 é chegar a 10 mil alunos. Além disso, estar em mais de 200 escolas por todo o território brasileiro.

Os valores das aulas variam para cada região. O franqueado tem autonomia para trabalhar o preço baseado no perfil do local de atuação e no formato da franquia (dentro de escola ou em sedes próprias). Atualmente, a Little Kickers possui mais de 50 mil alunos espalhados pelas 315 franquias em 32 países. Entre eles, Chile, Austrália, México, Portugal, Espanha e África do Sul.

Por não ter uma estrutura fixa, utilizando o espaço do próprio cliente, o modelo de operação é de baixo investimento, a partir de R$ 25 mil. Com taxa de franquia e itens para iniciar as atividades (trave, cones, bolas, etc). No ano passado, o faturamento global da rede foi de R$ 101 milhões. No Brasil foi de R$ 1 milhão. Para este ano, a previsão é chegar a R$ 1, 8 milhões e atingir 40 unidades em operação.