Mostra Mulheres no Cinema Brasileiro no Sesc Bauru, de 5 a 26 de junho

De 5 a 26 de junho, o Sesc Bauru apresenta a Mostra Mulheres no Cinema Brasileiro. Além dos filmes, a programação da mostra é composta por bate-papo e o curso Audiovisual e Poéticas do Feminino.

As exibições acontecem no auditório do Sesc Bauru. Todas as atividades são gratuitas. A importância do protagonismo feminino na produção audiovisual é o foco da mostra Mulheres no Cinema Brasileiro que apresenta filmes nacionais dirigidos e/ou produzidos por mulheres.

Confira a programação da mostra

Mostra Mulheres no Cinema Brasileiro - Sesc Bauru - debates
Um Céu de Estrelas

Dir.: Tata Amaral / Brasil / 1997 / 70min. Dalva, uma cabelereira e moradora do bairro da Mooca em São Paulo, ganha em um concurso de penteados, uma viagem à Miami. No dia de sua partida, o ex-noivo invade a casa de Dalva, fazendo reféns a ex e a mãe dela. Um Céu de Estrelas é o primeiro longa-metragem da carreira da premiada diretora Tata Amaral. Considerado um dos três filmes brasileiros mais importantes da década de 1990. Dia 5, terça, 19h30. Classificação etária 16 anos.

Mostra Mulheres no Cinema Brasileiro - Sesc Bauru - debates

Em Três Atos

Dir.: Lucia Murat / Brasil, França / 2015 / 76min. Com diálogos inspirados nos escritos de Simone de Beauvoir, sobre a velhice e a morte, o filme contrapõe a dança contemporânea, por meio de uma bailarina de 85 anos e uma jovem bailarina em seu auge. Também aborda a crueza de um corpo velho e lida com a diferença entre a experiência de perder alguém para a morte e o medo de morrer. Dia 12, terça, 19h30. Classificação etária 10 anos.

Mostra Mulheres no Cinema Brasileiro - Sesc Bauru - debates

A Cidade Onde Envelheço

Dir.: Marília Rocha / Brasil, Portugal / 2017 / 99min. Uma jovem portuguesa que vive no Brasil recebe em sua casa uma amiga com quem já não tinha contato. Surge uma profunda ligação entre elas: enquanto uma lida com a saudade irremediável de casa, a outra vive uma aventura em um novo país. Dia 19, terça, 19h30. Classificação etária 12 anos.

Mostra Mulheres no Cinema Brasileiro - Sesc Bauru - debates

Dafne

Dir.: Liene Saddi / Brasil / 2018 / 90min. A partir de releituras e interpretações sobre o mito de Apolo e Dafne, entrevistadas e entrevistados são convidados a resgatar a voz da ninfa Dafne, que foge de uma perseguição de Apolo até se transformar em árvore, em um gesto desesperado. Entre educadores, profissionais da saúde, lideranças, cuidadoras, artistas, contadoras de histórias, pesquisadoras e donas de casa, a figura de Dafne assume uma multiplicidade de formas. Ainda assim, no fio condutor de sua voz, paira a urgência do resgate de aspectos do feminino na sociedade. Documentário realizado com apoio da Lei de Estímulo da Secretaria de Cultura de Bauru. Dia 23, sábado, 15h. Classificação etária 12 anos.

Mostra Mulheres no Cinema Brasileiro - Sesc Bauru - debates
Bate-papo O Mito e o Feminino no Audiovisual

Com Liene Saddi, Karin Silva, Pâmela Gentil e Vitória Galhardo, equipe do documentário Dafne. Conversa com a equipe de direção e produção sobre o processo de pesquisa e finalização da obra audiovisual. Dia 23, sábado, 16h30. Classificação etária 12 anos.

Mostra Mulheres no Cinema Brasileiro - Sesc Bauru - debates

Como Nossos Pais

Dir.: Laís Bodanzky / Brasil / 2017 / 102min. Rosa é uma mulher que quer ser perfeita em todas suas obrigações como profissional, mãe, filha, esposa e amante. Quanto mais tenta acertar, mais tem a sensação de estar errando. Vê-se submergindo em culpa e fracassos, até que em um almoço de domingo, recebe uma notícia bombástica de sua mãe e inicia uma redescoberta de si mesma. Dia 26, terça, 19h30. Classificação etária 14 anos.

Mostra Mulheres no Cinema Brasileiro - Sesc Bauru - debates

Curso Audiovisual e Poéticas do Feminino

Com Liene Saddi, diretora audiovisual e doutora em Artes Visuais. Participação de Karin Silva, Pâmela Gentil e Vitória Galhardo, produtoras do documentário Dafne. O curso investiga questões pertinentes à história do cinema e do vídeo sob a perspectiva da realização feminina. Da análise da estrutura da produção industrial e das vanguardas cinematográficas até vídeos experimentais dos videoclipes e galerias de arte. Os participantes podem conhecer os procedimentos narrativos e poéticos de diretoras e realizadoras e, ao final dos encontros teóricos, colaborar na gravação e edição de uma performance. De 9/6 a 14/7, sábados, das 10h30 às 13h30. Espaço de Tecnologias e Artes (ETA). 20 vagas. Classificação etária 16 anos.